O propósito deste blog

lire en français

Este blog é dedicado a publicar informações sobre as disciplinas ministradas pela professora Glória França, no curso de Letras, da Universidade Federal do Maranhão. Neste primeiro semestre, mais exatamente a partir de fevereiro de 2016, as disciplinas serão as de Língua francesa e Literatura de língua francesa1 . Disponibilizarei aqui informações sobre as aulas bem como quaisquer outras informações úteis ao bom desenvolvimento das aulas. Diversas dimensões de expressão em língua francesa poderão ser evocadas tais quais o cinema, o teatro, a música, as artes em geral. E isso tanto nos discurso off-line quanto no universo digital. Pretendo publicar os programas das aulas, artigos que possam interessar aos.às estudantes, temas que podem ser seguidos de debates e trocas com o.a.s demais professore.a.s e com os.as estudantes, informações sobre lugares digitais que podem interessar aos.às leitore.a.s, em particular outros blogs da plataforma hypothèses, links para revistas científicas e para sites que versem sobre a língua e sobre a literatura francófona, informações sobre eventos científicos e pedagógicos ligados às temáticas tratadas em aula, etc. Poderá haver, eu acredito e espero, espaço para a reflexão sobre o contexto particular no qual essas aulas ocorrerão, a saber, no Departamento de Letras, de uma universidade pública, no Estado do Maranhão, Nordeste do Brasil. Tendo em vista que, neste primeiro semestre, as aulas tratarão por um lado sobre a língua e por outro sobre a literatura, o blog poderá questionar igualmente se é possível separar esses dois domínios: língua e literatura, ou ainda, língua e os seus “exteriores”. Trata-se, afinal de contas, de um blog, que se aproxima do que se chama “notas de campo”, visto que ele inicia-se ao mesmo tempo em que eu começo minha atividade enquanto professora da Universidade Federal do Maranhão. Este blog é, desse modo, considerado em uma perspectiva que espera não separar, de modo categórico, ensino e pesquisa. Em “Como fazer uma tese”, Umberto Eco consegue circular de maneira magistral entre essas duas posições, a que seria a posição do professor e aquela que seria a do pesquisador, trata-se – como é dito na apresentação da obra – de um relato de uma experiência de um pesquisador traduzida nas fórmulas didáticas de um professor, esperemos que este blog possa ir nessa mesma direção.

  1. a disciplina de literatura, será ofertada em função da procura pelos alunos []

Gloria França

Professora de Língua Francesa e de Linguística, do departamento de Letras e do programa de pós-graduação em Letras/Bacabal, da Universidade Federal do Maranhão. Doutora em Linguística, pelo IEL/UNICAMP, e docteure en Sciences du Langage, pela Université Paris 13 Sorbonne Paris Cité. Atualmente coordenadora de mobilidade, acolhimento e proficiência (CMAP), da Diretoria de Internacionalização / AGEUFMA. Coordenadora do Estágio obrigatório em Língua Francesa. Coordenadora do Grupo de estudos e pesquisas em Discursos, Interseccionalidades e Subjetivações (GEPEDIS/CNPq). Areas de interesse de pesquisa: questões de gênero e raça na análise do discurso ; discurso e ensino de línguas; didática de ensino de francês (FLE); brasilidade; relações França/Brasil; memória e discurso, dentre outras.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook


OpenEdition vous propose de citer ce billet de la manière suivante :
Gloria França (23 janvier 2016). O propósito deste blog. Cours Glória França – Université Fédérale du Maranhão (UFMA). Consulté le 18 juillet 2024 à l’adresse https://doi.org/10.58079/p1c6


Gloria França

Professora de Língua Francesa e de Linguística, do departamento de Letras e do programa de pós-graduação em Letras/Bacabal, da Universidade Federal do Maranhão. Doutora em Linguística, pelo IEL/UNICAMP, e docteure en Sciences du Langage, pela Université Paris 13 Sorbonne Paris Cité. Atualmente coordenadora de mobilidade, acolhimento e proficiência (CMAP), da Diretoria de Internacionalização / AGEUFMA. Coordenadora do Estágio obrigatório em Língua Francesa. Coordenadora do Grupo de estudos e pesquisas em Discursos, Interseccionalidades e Subjetivações (GEPEDIS/CNPq). Areas de interesse de pesquisa: questões de gênero e raça na análise do discurso ; discurso e ensino de línguas; didática de ensino de francês (FLE); brasilidade; relações França/Brasil; memória e discurso, dentre outras.

Vous aimerez aussi...

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur comment les données de vos commentaires sont utilisées.

Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search