[chamada em aberto LITCULT] Simpósio. SUJEITOS RACIALIZADOS: AS IDENTIDADES E OS DISCURSOS NA CONTEMPORANEIDADE

  • fullsizeoutput_12c7

Encontram-se abertas, até o dia 30 de maio, as submissões para os simpósios do II Colóquio interdisciplinar de Literatura e Cultura Negra do Baixo Parnaíba, com título Territórios culturais, ressonâncias literárias. O evento ocorre entre os dias 24 e 26 de junho, no Campus da UFMA, em São Bernardo-MA

O evento aborda temática urgente no campo dos estudos linguisticos e literários, um tema que é por natureza interdisciplinar. Será um lindo momento de troca e de aprendizados, para o qual convido a todos.

Dentre os 6 simpósios que estão abertos para receber propostas de comunicação oral, cuja lista completa pode ser consultada aqui: https://litcultnegra.wixsite.com/litcultnegra, divulgo abaixo o simpósio que eu, Glória Franca,  estou coordenando com a prof Monica e que tem como título:

6 – SUJEITOS RACIALIZADOS: AS IDENTIDADES E OS DISCURSOS NA CONTEMPORANEIDADE

Prof. Drª Glória França (UFMA/DELER)

Prof. Drª Mônica Cruz (UFMA/DELER/PGLetras)

O simpósio Sujeitos racializados: as identidades e os discursos na contemporaneidade acolherá trabalhos que proponham uma reflexão sobre as formas de identificação e subjetivação dos sujeitos, em discursos vinculados a diversos domínios, temas e áreas que projetem sentidos racializantes e/ou que produzam sujeitos cujas identidades tenham como um de seus eixos determinantes os discursos racializantes. Situando-nos entre campos que estudam o discurso (ciências da linguagem e análises do discurso), trazemos uma proposta interdisciplinar, isto nos permite acolher trabalhos provenientes das diversas áreas componentes do campo das ciências da linguagem, das ciências humanas e sociais. Ademais, trazendo em seu escopo o discurso em sua pluralidade de concepções, o debate poderá ser provocado a partir de análises e reflexões realizadas em diversas materialidades: o discurso/texto literário, o cinema, o discurso historiográfico, a música, o discurso digital. Da mesma forma, não somente o discurso em sua versão verbal será levado em conta, mas as diferentes possibilidades como o discurso imagético, o corpo e as diversas formas de imbricação material constitutivas do discurso. Os conceitos centrais que poderão servir de base/de eixo para as reflexões propostas são aqueles que buscam pensar as formas de ser sujeito na contemporaneidade, ou seja, as formas de constituição da subjetivação (Foucault) a partir/em discursos que dizem da(s) identidade(s), ou dos processos de identificação (Pêcheux). Como provocação aventamos a possibilidade de se pensar o eixo dos sentidos racializantes em diálogo com outras dimensões que compõem as formas de produzir sujeitos na contemporaneidade, quais sejam as dimensões de gênero, sexualidade, territorialidade, decolonialidades.

Palavras-chave: Sujeitos; Identidades; Interseccionalidade; Discursos.

 

O site, com todas as informações, com link para as inscrições e com a prévia da programação já está no ar, no endereço: https://litcultnegra.wixsite.com/litcultnegra.

 

https://litcultnegra.wixsite.com/litcultnegra

https://litcultnegra.wixsite.com/litcultnegra

Gloria França

Professora de francês, do departamento de Letras da Universidade Federal do Maranhão. Doutora em Linguística, pelo IEL/UNICAMP, e docteure en Sciences du Langage, pela Université Paris 13 Sorbonne PAris Cité. Áreas de interesse de pesquisa: questões de gênero e raça na análise do discurso ; discurso e ensino de línguas; didática de ensino de francês (FLE); brasilidade; relações França/Brasil; memória e discurso, dentre outras.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook


Gloria França

Professora de francês, do departamento de Letras da Universidade Federal do Maranhão. Doutora em Linguística, pelo IEL/UNICAMP, e docteure en Sciences du Langage, pela Université Paris 13 Sorbonne PAris Cité. Áreas de interesse de pesquisa: questões de gênero e raça na análise do discurso ; discurso e ensino de línguas; didática de ensino de francês (FLE); brasilidade; relações França/Brasil; memória e discurso, dentre outras.

Vous aimerez aussi...

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur comment les données de vos commentaires sont utilisées.